Header Sodio
Ciclo Luso

Dieta Hipossalina

23-09-2022 Sódio

Sódio na água: uma importante preocupação.

O sódio é um mineral que não tem lá grande fama, por ser constantemente associado à hipertensão e a outras doenças cardiovasculares. No entanto, também está presente em alimentos considerados saudáveis, como a água mineral.

Agora já deves estar a pensar – “então a água não é saudável?”.  É, claro! Mas a quantidade de sódio que a compõe é algo que deves ter em consideração. Este artigo vai ajudar-te a saber um pouco mais sobre o assunto.

A água e a nossa saúde.

Qual é o elemento central na roda dos alimentos? A água! Bebê-la é fundamental para a nossa saúde. Conhece alguns dos seus benefícios para o nosso bem-estar:

- Manter a regulação da nossa temperatura corporal;
- Auxiliar o metabolismo das células, influenciando o processo de emagrecimento;
- Ajudar na desintoxicação de substâncias presentes em nosso corpo;
- Transportar os nutrientes para as células permitindo a sua absorção;
- Melhorar a circulação sanguínea;
- Hidratar e deixar a pele com boa aparência.

No entanto, nem todas as águas são iguais. Há águas com um maior teor de sódio do que outras. Por isso, ao escolhermos uma água, é importante optarmos por uma que seja equilibrada e baixa em teor de sódio.

Mas a água mineral também contém sódio?

A resposta é sim. O sódio é um nutriente essencial ao organismo uma vez que regula o volume sanguíneo e tem um papel na contração  muscular , mas consumido em excesso, comporta sérios riscos para a saúde, estando associado à hipertensão e outras doenças cardiovasculares. Cerca de 10% do sódio ingerido tem origem no conteúdo natural dos alimentos e o restante é proveniente de adição, durante o fabrico de alimentos processados ou aquando da sua confeção.

Mas aí surge a dúvida: como posso escolher a melhor água para mim?

Primeiro, calma! A água não deve ser de todo a tua maior preocupação. Mas quem precisa de diminuir o sal da dieta deve estar mais atento. Ao optares por uma água equilibrada e com baixo teor de sódio, só estás a trazer benefícios para a tua saúde.

Por isso, aprende a ler os rótulos.  Mas tem atenção porque o sódio pode aparecer sob diversas designações -normalmente aparece com Na (símbolo químico do sódio). Procura as águas com valores mais baixos.

Água de Luso: boa para a tua saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda uma ingestão diária de até 2.000mg de sódio por dia. E a água de Luso, por ser hipossódica (menos de 20mg/l), é uma das mais adequadas para indivíduos que necessitem de regimes alimentares pobres em sódio, nomeadamente hipertensos, doentes com alterações do funcionamento renal, insuficiência cardíaca e outras patologias onde ocorra retenção de líquidos.

Dieta hipossódica: o que é?

Uma dieta hipossódica é, basicamente, uma dieta com baixo teor de sódio, o principal constituinte do sal comum (cloreto de sódio).

O consumo excessivo de sal é um dos maiores fatores de risco das doenças cardiovasculares, como a hipertensão. Por isso, adotar uma dieta hipossódica é extremamente benéfica para quem procura controlar os sintomas de insuficiência cardíaca, prevenir futuras doenças cardiovasculares e combater a pressão arterial alta.

Como em qualquer dieta, a dieta hipossódica, baixa em sódio, implica uma série de mudanças. No entanto, isso não significa chegar a extremos, nem transformar a alimentação num sofrimento. Basta aplicar três premissas fundamentais:

- Eliminar o sal extra (retirar o saleiro da mesa);
- Alterar os métodos de preparação e tempero, procurando outras alternativas ao sal;
- Escolher alimentos com baixo teor de sódio, inclusive a água.

Sódio que vem da natureza

A origem onde a água mineral é captada tem uma relação direta com os elementos que a compõem. Por outras palavras, cada água mineral possui a sua identidade própria.

No caso da água de Luso, a sua origem é privilegiada: a Serra do Bussaco.

A água da chuva infiltra-se nas rochas, iniciando assim um longo processo subterrâneo, com uma duração estimada em cerca de mil anos, ao longo das duras rochas da Serra, e por centenas de metros de profundidade, mantendo-se protegida e preservada até ser engarrafada no local da sua captação, em Luso.

Este processo cria uma água com características únicas, influenciada por toda a envolvência da Serra do Bussaco, nomeadamente o tipo de florestação, o clima, o subsolo e rochas.

 E é no seu percurso pelo subsolo da Serra do Bussaco que o líquido consegue captar os sais minerais presentes nas rochas – nomeadamente o sódio.

 LUSO é boa para ti por ser baixa em Sódio!

Fontes:  https://www.sphta.org.pt; https://www.lusiadas.pt/blog/prevencao-estilo-vida/nutricao-dieta/sal-havera-algum-tipo-mais-saudavel

Notícias Relacionadas